• Seg-Sex: 09:30 às 17:30h
  • (11) 3101-0280

Como utilizar o vínculo trabalhista reconhecido na Justiça do Trabalho no INSS para concessão de Aposentadoria

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sumário

Existe uma grande violação dos Direitos Sociais do Trabalhador e do Segurado que busca o reconhecimento de uma relação de trabalho, advinda de uma decisão na Justiça do Trabalho, no órgão previdenciário INSS para integração no seu tempo de contribuição.

A sentença trabalhista é reconhecida para fins tributários, ou seja, quando existe o reconhecimento da prestação de serviço remunerado em decisão trabalhista, a União executa as contribuições inerentes à este período, mesmo que a decisão trabalhista tenha sido com base em prova exclusivamente testemunhal.

Por outro lado, quando trabalhador busca a concessão de um benefício previdenciário junto ao INSS e para isto utiliza o período reconhecido em Reclamação Trabalhista, o INSS não aceita este período para fins de concessão de benefício, muitas vezes sob a alegação de que não existe início de prova documental, conforme estabelece o artigo 55, § 3º, da Lei 8.213/91.

Neste breve vídeo discutimos o tema de forma simples e colocamos o nosso entendimento de que a posição adotada pelo INSS é inconstitucional.

Como provar vinculo empregatício inss

Veja a decisão do Superior Tribunal de Justiça no Recurso Especial número 1090313/DF:

PREVIDENCIÁRIO. REVISÃO DE BENEFÍCIO. ALTERAÇÃO DO SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO EM SEDE DE RECLAMAÇÃO TRABALHISTA. CONDENAÇÃO AO RECOLHIMENTO DE CONTRIBUIÇÕES. COBRANÇA DE CONTRIBUIÇÕES NÃO RECOLHIDAS EM ÉPOCA PRÓPRIA. RESPONSABILIDADE DA AUTARQUIA. 1. O objeto da ação é a revisão de benefício previdenciário em virtude da majoração dos salários de contribuição perante a Justiça Laboral. Não há falar, portanto, em desaproveitamento da sentença trabalhista em razão da falta de prova material apta ao reconhecimento do tempo de serviço, razão pela qual afasta-se a alegada ofensa ao § 3º do artigo 55 da Lei n. 8.213/1991. 2. Não se vislumbra prejuízo em face de o INSS não ter participado da reclamatória na hipótese de ter sido intimada da condenação ao recolhimento das contribuições previdenciárias em face do acordo judicial que reconheceu os acréscimos salariais. 3. A partir da ciência da condenação na Justiça do Trabalho, a Autarquia tornou-se legalmente habilitada a promover a cobrança de seus créditos. Inteligência dos artigos 11, parágrafo único, alínea a, 33 da Lei nº 8.212/1991 e 34, I, da Lei n. 8.213/19914. Recurso especial não provido(STJ, REsp 1090313/DF, 5

Turma, Rel. Ministro Jorge Mussi, DJe 3.8.2009).

Como Provar Vinculo Empregatício INSS

Deseja Um Atendimento Personalizado?

Então Clique no botão abaixo e envie a sua dúvida através do nosso formulário